Atendimento na Secretaria: TERÇA a SÁBADO das 08h às 12h e das 13h às 17h.

Endereço: Rua 14 de Julho, 4267, São Francisco, Campo Grande-MS - CEP: 79010-470.

Contato: (67) 3317-7950 / 3317-7951

E-mail: saofranciscodeassiscg@gmail.com

Mensagens Oficiais › 24/04/2021

Palavras do Coração Franciscano 35

Palavras do Coração Franciscano: Um coração capaz de misericórdia

Por Frei Rogério Viterbo de Sousa, OFM
Nestes tempos tristes e difíceis que estamos vivendo, onde faltam o amor, a misericórdia e a esperança, onde a morte parece ter a última palavra, onde não se percebem sinais da Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, somos convocados de modo particular a reforçar os laços da esperança, do amor, da misericórdia, da fraternidade e da solidariedade, renovando a consciência de que trilhamos juntos a aventura da vida e da fé: “surpreendidos por uma tempestade inesperada e furibunda, demo-nos conta de estar no mesmo barco, todos frágeis e desorientados mas ao mesmo tempo importantes e necessários: todos chamados a remar juntos, todos carecidos de mútuo encorajamento”¹ .
Humildemente, gostaria, de forma bem serena, dedicar este momento para refletir um pouco sobre a misericórdia. Franciscanamente, aprendi que, sem misericórdia, não há amor e, sem amor, Nosso Senhor Jesus Cristo continua encerrado no túmulo. Aprendi também que exercer misericórdia é um ponto relevante na fé de cada um que serve a Deus. Nosso Senhor Jesus Cristo disse: “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia”, “Sede misericordiosos como o Pai do céu é misericordioso”².
Quando o nosso coração se torna capaz de misericórdia, conseguimos ter um olhar de pureza. Saberemos enxergar o que cada pessoa tem de melhor e não teremos tempo para desconfiar e nem julgar ninguém, por mais evidências que possamos imaginar. Conseguimos ter ouvidos atentos não às falácias, mas, sim, às necessidades, aos sentimentos, às queixas e desabafos de quem precisar ser escutado com atenção. Conseguimos ter língua abençoada, para nunca falar negativamente da vida de ninguém e teremos a terna capacidade para oferecer sempre uma palavra de consolo e de perdão a quem precisar. Conseguimos ter mãos incansáveis na arte de fazer somente o bem e sempre ocupadas na prática das boas obras. Conseguimos ter pés capazes de percorrer qualquer distância para ajudar a quem necessitar e para pôr fim à solidão que escraviza muitas vidas.
Precisamos, urgentemente, ter um coração capaz de misericórdia, assim como é o Coração de Nosso Senhor Jesus Cristo! A vida precisa ser protegida por ações sempre fundamentadas na misericórdia. A misericórdia traduz em gestos concretos em que consiste o verdadeiro amor. O amor nos torna capazes de fazer acontecer o carinho, a compreensão, a ternura, o perdão e a alegria de só oferecer o que vai fazer a vida de todas as pessoas cada vez melhor e mais bonita. Precisamos, com urgência e incondicionalmente, acreditar no amor e pedir a Nosso Senhor Jesus Cristo a graça de torná-lo uma realidade visível nas nossas vidas, nas vidas de todas as pessoas e na vida do mundo em que vivemos. Acredito ser este o melhor caminho de ressurreição da vida, da esperança e de tudo o que é bom.
Não é difícil compreender que a Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo se manifesta na beleza do amor em todos aqueles que se tornam, para os outros, presença real da sua divina misericórdia. Voltemos a nossa vida, o nosso coração e o nosso olhar para Nosso Senhor Jesus Cristo Ressuscitado! Deixemos que a sua misericórdia transforme a nossa vida e nos ajude a transformar a vida de todas as pessoas. Confiemos na sua paciência, que sempre nos dá tempo. Tenhamos a coragem de voltar para o calor de seu misericordioso abraço. Desta maneira poderemos sentir, constantemente, a sua presença maravilhosa e ressuscitadora. Sentiremos o pulsar de seu Sagrado Coração e, envolvidos por seu amor eterno, teremos, nós também, um coração bem mais capaz de misericórdia, de paciência, de perdão e de um amor que não se cansa de amar.
E, como um humilde frade franciscano, concluo esta despretensiosa reflexão rendendo em tudo e sempre “graças ao Senhor, porque Ele é bom; e é eterna a Sua Misericórdia”³.
Desejo que minhas humildes palavras, talvez, lhes sirvam para um bom momento de reflexão. Se assim for,
Boa reflexão, então!
¹Papa Francisco, Momento Extraordinário de Oração, a 27 de Março de 2020.
²Lc 6,36.
³Sl 117(118),1-2.
Imprimir

X